História do Sangue.
Biologia

História do Sangue.




Por que temos tipos sanguíneos diferentes?

De acordo com estudiosos, por volta de 30.000 a 40.000 a.C., os primeiros homens das cavernas que habitaram o planeta tinham o sangue do tipo O, e por isso este tipo é considerado um sangue primitivo. Nesta época todos tinham o mesmo tipo sanguíneo e por milhares de anos este foi o único tipo de sangue existente. É o mais freqüente ainda hoje. O tipo O marcou a ascensão do homem ao topo da cadeia alimentar. Ele era caçador ativo, todos comiam as mesmas coisas, respiravam o mesmo ambiente e tinham as mesmas doenças.
Mas, com o aumento da população, começaram as migrações e com isto novas populações foram se isolando e a variação se acelerou. Houve uma mudança da condição de caçador para um modo de vida mais “agrário-domesticador”. Então por volta de 25.000 a 15.000 a.C. na Ásia ou no Oriente Médio, surgiu o sangue do tipo A, nessa época o homem já era mais sociável e colaborativo.
O sangue do tipo B apareceu por volta de 10.000 – 15.000 anos a.C. na região da cordilheira do Himalaia, quando foi necessária a primeira grande adaptação foi ao clima e o ambiente bastante diferenciado. Era uma sociedade que mostrava muito inteligência e criatividade. Hoje em dia, o tipo B é encontrado dominante desde o Japão, Mongólia e China e o oeste da Europa. Os alemães e austríacos apresentam uma grande porcentagem de indivíduos de tipo B.
Novas linhagens foram surgindo, as mudanças se seguiram e não demorou muito surgiu o sangue do tipo AB, considerado hoje, o mais raro, pois só abrange de 2-5% da população mundial. Surgiu entre 500 a.C. e 900, como resultado da miscigenação do tipo A caucasiano com o tipo B dos mongóis. É como se fosse uma mescla entre as características de todos os outros grupos.
Assim, acredita-se que os diferentes tipos sanguíneos foram surgindo com a diferenciação e distanciamento das linhagens humanas. O surgimento se tornou necessário assim como a diferença em cores de pele, pelos, formato dos olhos, etc. Dizem que o apelido “sangue azul” foi determinado para o tipo sanguíneo AB devido a sua raridade!



loading...

- Sistema Abo
Em 1902, o médico austríaco Karl Landsteiner e alguns cientistas conseguiram classificar o sangue humano em quatro tipos: A, B, ABeO. Durante as pesquisas, descobriu-se que alguns tipos sanguíneos eram incompatíveis, e essa incompatibilidade...

- (unicamp 2008) - Proteínas, Genética
Para  desvendar  crimes,  a  polícia cientí?ca costuma coletar e analisar diversos resíduos encontrados  no  local  do  crime.  Na  investigação  de um  assassinato,  quatro  amostras ...

- (uerj 2012) - Vírus
Recentemente, no Rio de Janeiro, recrutas da Marinha foram contaminados por vírus influenza tipo B. Esse vírus se replica de modo idêntico ao do vírus influenza tipo A, causador da pandemia de gripe suína no ano de 2009. Cite o tipo de ácido nucleico...

- Estudo Associa Grupo Sanguíneo à Fertilidade Feminina
Estudo associa grupo sanguíneo à fertilidade feminina Tipo de sangue «O» dificulta a gravidez, depois dos 35 anos A capacidade de uma mulher engravidar depois dos 35 anos pode ser influenciada pelo seu tipo de sangue, revelam investigadores do Albert...

- Cordão Umbilical Gera Neurônios, Afirma Pesquisa Da Usp
Pais estão pagando caro para armazenar o sangue de dentro dos cordões umbilicais dos seus filhos, mas deveriam também armazenar o próprio cordão, que costuma ser descartado. Isso porque as células-tronco do cordão servem para formar neurônios,...



Biologia








.